Como fazer um repelente natural

Por Fabi Ormerod

Sabe aquele barulhinho do pernilongo? E aquela mosca que fica atentando na cozinha? Pois é, tem gente que se apavora só de pensar no som que esses insetos emitem. Antigamente, picadas eram apenas desagradáveis, hoje, no entanto, elas podem causar doenças. Considerando tudo isso, muitas pessoas optam pelos repelentes e inseticidas industriais – esquecendo do mal que podem fazer à natureza e à saúde.

Mas aí você pensa “Os bichos são desagradáveis e os inseticidas também. Então o que eu faço?”

A solução é bem simples: um repelente natural.

Ingredientes:

  1. 100 ml de álcool
  2. 1 pacote de cravo da Índia (10 gr)
  3. 1 vidro de óleo de amêndoas (100ml)

Modo de preparar:

Deixe o cravo curtindo no álcool uns 4 dias agitando algumas vezes durante o dia. Depois junte o óleo de amêndoas. Pode ser outro óleo corporal também.

Como usar:

Passe pequena quantidade no braço e pernas e os mosquitos ficarão longe de você!

Outras dicas

Outra opção para manter os insetos bem longe, é cultivar plantas que são repelentes naturais MESMO! Confira algumas:

  1. Lavanda. Além de ser uma planta que pode perfumar ambientes internos devido ao seu cheiro adocicado e decorá-los, por causa de sua beleza; a lavanda ajuda a espantar mosquitos.
  2. Citronela. Outro excelente repelente natural contra mosquitos, principalmente os borrachudos e os pernilongos.
  3. Hortelã. Basta plantar várias em torno do seu jardim que as formigas não vão mais incomodar.
  4. Crisântemo. Ajuda a manter baratas, percevejos, pulgas e carrapatos bem afastados.
  5. Manjericão. O cheiro forte da planta afasta moscas e mosquitos.

Postar novo comentário