Tudo sobre cebolas

Por Fabi Ormerod

A cebola é um alimento muito utilizado como tempero, possui um sabor forte, ácido e, acima de tudo, muito apreciado. Mais existem muitas informações sobre este alimento que podem ter surpreender! Abaixo alguns exemplos.

  1. É rica em flavonóides, elemento com propriedades anti-inflamatória e anti-oxidante; possui sais minerais, tais como: ferro, potássio, sódio, fósforo e cálcio e apresenta as vitaminas C e do complexo B.
  2. Melhora a circulação. Seu teor de silício ajuda a prevenir trombose.
  3. Previne a anemia. Outra propriedade que a cebola exibe é a de antianêmica, afinal, ela nos oferece fósforo, ferro e vitamina E. Desse modo, ajuda o organismo na reposição de sangue e regeneração dos glóbulos vermelhos.
  4. Ajuda a aliviar o resfriado. Por ser rica em vitaminas A e C, pode aliviar sintomas de problemas respiratórios.  Os óleos essenciais (devido ao seu teor de enxofre) dão à cebola a capacidade de diminuir os sintomas de doenças como a bronquite e resfriado.
  5. Controla a hipertensão. A cebola possui potássio. Ele é o responsável pela capacidade que a cebola tem de ajudar na eliminação do excesso de líquidos e diminuição dos riscos de sofrermos de gota, hipertensão e cálculos renais.
  6. Propriedades depurativas e diuréticas. O potássio e o baixo teor em sódio fazem com que a cebola ajude a evitar a retenção de líquidos, liberando as toxinas do organismo. Além disso, é benéfica para os rins e a próstata.
  7. Antioxidante. A cebola tem poderes antioxidantes. O motivo é seu teor em vitaminas A e C, enxofre e flavonoides, tais como a quercetina e a antocianina.
  8. Emagrecer e controlar o peso. Devido ao seu baixo valor calórico e seu alto teor em fibra, é ideal numa dieta de emagrecimento, já que melhora o trânsito intestinal e depura, elimina as toxinas, evitando a retenção de líquidos.
  9. Antisséptico. Se aplicada externamente, a cebola pode atuar como antisséptico natural e é capaz de diminuir inflamações renais.

Mas a cebola é evitada por muitas pessoas por dois motivos: cheiro que fica nas mãos e as lágrimas que provoca enquanto é cortada. Mas essas não serão mais desculpas para não usar esse alimento que, como dito acima, possui muitos benefícios!

Como tirar o cheiro de cebola das mãos:

  1. O aço inoxidável é capaz de neutralizar o cheiro de alho e cebola. Basta esfregar os dedos em uma faca, colher ou mesmo na pia, embaixo de água fria corrente, para eliminar o odor.
  2. O vinagre também é um ótimo neutralizador de odores. Coloque um pouco em uma tigela, mergulhe os dedos e esfregue-os. Em seguida, lave as mãos com água e sabonete.
  3. Pegue uma porção de sal e esfregue as mãos, sem molhar, até remover o cheiro. Lave em seguida.
  4. Umedeça as mãos no leite e esfregue uma na outra, como se as estivesse lavando. Em seguida, lave normalmente.
  5. Esfregue um pouco de borra de café nos dedos e, em seguida, lave as mãos.
  6. Aplique um pouco de creme dental ou enxaguante bucal nas mãos e esfregue-as. Lave com água e sabonete na sequência.
  7. Quando for picar alho e cebola, use luvas descartáveis.

Como cortar cebola sem chorar:

  1. Para não chorar ao cortar cebola, mantenha um pouco de água dentro da boca…corte a cebola e só depois engula a água…
  2. Colocar as cebolas na geladeira 1 hora antes de cortar ou colocar por 10 minutos dentro do freezer, também pode cortar esse efeito do “lacrimejar sem parar”. Mas não deixe as cebolas esfriando por mais tempo que o indicado porque pode perder o aroma e o sabor.
  3. Cortar as pontas da cebola, descascar e colocar dentro de uma vasilha com água. Deixar repousar um pouco nesta água antes de cortar.

 

Postar novo comentário